Não me digas adeus, ó sombra amiga, abranda mais o ritmo dos teus passos; sente o perfume da paixão antiga dos nossos bons e cândidos abraços! Não vás ainda embora, ó sombra amiga!

"Não me digas adeus, ó sombra amiga, abranda mais o ritmo dos teus passos; sente o perfume da paixão antiga dos nossos bons e cândidos abraços! Não vás ainda embora, ó sombra amiga!" -  Florbela Espanca

Espera... espera... ó minha sombra amada... Vê que para além de mim já não há nada e nunca mais me encontras neste mundo!...

"Espera... espera... ó minha sombra amada... Vê que para além de mim já não há nada e nunca mais me encontras neste mundo!..." -  Florbela Espanca